Novidades
Efeitos do frio no organismo!


Quando as temperaturas estão mais baixas, o corpo tenta se adaptar a essa diferença climática. Pois precisa estar aquecido para funcionar bem. Então o organismo arma alguns truques para se proteger.



A dermatologista Andréa Noronha explica como o corpo trabalha para se manter aquecido. “O arrepio, por exemplo, é um desses truques que nada mais é do que pequenos músculos que se contraem na raiz do pêlo, deixando-o em pé. E evitando o calor de sair do corpo.”



A tremedeira é outro mecanismo de proteção. Quando o organismo percebe que está perdendo calor, o cérebro manda sinais para os músculos vibrarem. Essa tremedeira movimenta o corpo e produz o calor necessário para seu funcionamento.



Agasalhos, luvas, cachecóis e toucas são peças fundamentais durante essa estação. Essas vestimentas são retiradas do armário e preparadas para serem usadas.



Quando a temperatura diminui o corpo sente a diferença:



preguiça para levantar da cama; 



mais fome; 



pele ressecada; 



e o aumento de doenças respiratórias são sinais de que o frio chegou.



As pessoas que lutam durante todo ano para se manter em forma, tendem a aumentar essa preocupação quando o tempo esfria. Isso por que no inverno há algumas alterações no apetite e na prática de exercícios.



O metabolismo fica mais lento. Aparece aquela sensação de sonolência, cansaço e indisposição. E com isso a prática de exercícios físicos é abandonada. A fome parece duplicar. Isso porque o organismo precisa de gordura para se manter aquecido. Então a preferência por alimentos mais calóricos como massas, fondue e o famoso chocolate quente são justificados.



Além disso, diferente de dias quentes em que a transpiração é maior, e a quantidade de líquido ingerido também aumenta para manter o corpo hidratado, no inverno a quantidade de líquido que bebemos é menor. Mas, ao mesmo tempo, há um aumento de alimentos sólidos ingeridos. Por isso, os cuidados com a ingestão excessiva de calorias devem ser redobrados.



Nessa época a poluição, ar frio, seco, ambientes fechados e pouco arrejado colaboram para piorar o sistema respiratório.



Existem vários aspectos da vida que estão conectados aos fenômenos naturais. As estações do ano influenciam não só na saúde, moda ou gastronomia, mas também no estado de espírito das pessoas. É necessário estar de olho no frio que se aproxima, para que ele não prejudique seu ano ;) .